Artes, artesanatos, práticas e fatos

Artes, artesanatos, práticas e fatos
Tudo vale a pena...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Panos de Parede Antigos = Wandschoner


Eu fecho os olhos e lembro de um lindo pano de parede que minha mãe bordou e deu de presente para sua sogra ( minha Vó Titine ). Neste pano tinha escrito assim: Uma mulherzinha esperta nunca se aperta e um outro: Deus abençoe este lar. Sempre tive curiosidade de saber de onde foi que ela tirou aquela ideia. Conversando com ela, me contou que os panos eram vendidos já riscados, ela comprava na Loja Rio em Camaquã. Lendo alguns artigos em blogs de artesanato descobri que o nome desta técnica é “ wandschoner” panos de parede que no Brasil, tiveram origem com os colonizadores  italianos do Rio Grande do Sul, eram bordados pelas colonas com imagens e dizeres e serviam para enfeitar as paredes das casas, principalmente da cozinha.  Tem até um livro sobre a história dos panos de parede, trabalho escrito pela professora Cleci Eulalia Favaro intitulado Penélopes do Século XX: a cultura popular revisitada. “os imigrantes construíram um corpo de valores positivos, destinado a servir de suporte emocional e veículo de comunicação externa. Por meio do bordado de imagens e inscrições sobre panos de parede ou panos de cozinha em tecidos rústicos, as mulheres contribuíram para alimentar o sonho de uma vida melhor.
Tem os que afirmam que panos protetores de paredes, fazem parte das memórias histórico-afetivas das comunidade teuto-brasileiras( sendo Camaquã um berço de colonizadores alemães, acredito que seja verdade também). Os wandschoner, do dialeto Hunsrück, é um artesanato típico da Alemanha que foi trazido para o Brasil pelas famílias imigrantes alemãs. Confeccionados em tecido de algodão, têm no centro uma mensagem bordada (provérbio popular, citação bíblica...), era originalmente escrito em língua alemã. Em torno da mensagem geralmente eram bordados ramos de flores. Nas paredes, refletem e transmitem valores e normas das famílias. “Durante a Segunda Guerra Mundial, a língua alemã foi proibida no nosso país, e assim a arte de bordar wandschoner acabou abandonada pelas mulheres.

2 comentários:

  1. Foi trazido pelos imigrantes alemães. O nome é uma nome alemão. Pesquiso sobre. É bom se informar melhor, antes de afirmar algo. Abraços.

    ResponderExcluir

O melhor tempo...

O melhor tempo é e sempre será o tempo presente...